Prezado leitor,
É permitida a utilização do conteúdo desse site, desde que citada a fonte.
Para isso, leia as regras aqui e preencha o cadastro em anexo.

Configuração mínima necessária:
Internet Explorer 7 ou Firefox 3
Resolução: 1024x768

Conheça a nossa página no Facebook Conheça a nossa página no Twitter

Os títulos de capitalização, com pagamento único, mensal ou periódico, permitem resgates antecipados ou parciais, de acordo com as condições estipuladas, e também conferem ao titular o direito de concorrer a sorteios. Existem no Brasil desde 1929, sendo um importante instrumento de captação de recursos e de desenvolvimento do país.

Os recursos obtidos pelas empresas de capitalização são aplicados em ativos financeiros e os direitos inerentes aos títulos são inteiramente cobertos por ativos garantidores. Por isso o conjunto de títulos de capitalização constitui apreciável aporte à formação de economias individuais no mercado financeiro nacional.

O mercado de capitalização é operado por diversas empresas, sendo 12 delas representadas pela Federação Nacional de Capitalização (Fenacap). A regulamentação e fiscalização são de responsabilidade do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP), da Superintendência de Seguros Privados (Susep) e do Conselho Monetário Nacional (CMN).